Fechar
Publicidade

Automóveis

Publicado em sexta-feira, 7 de abril de 2017 às 16:12 Histórico

Volkswagen Golf agrada com 1.0 TSI de 125 cv

Quando respondemos que o Golf de avaliação tem motor 1.0 turbo, todo mundo estranha. Na sequência, surge a pergunta: “Mas o carro não fica manco com um motor tão pequeno?”. Não! E a justificativa para o feito é o downsizing – motores menores, porém dotados de potência extra.

Nas lojas desde novembro, o modelo em questão (que não tem concorrência no mercado nacional) surpreende pela combinação um tanto quanto inusitada. Mesmo num carro de 1.223 quilos (quase 300 kg a mais que o up!, com quem compartilha o bloco), o motor TSI, de 125 cv de potência máxima (o irmão menor tem 105 cv) dá conta do recado, afinal, quem manda é o turbo, não a litragem. Portanto, nada de preconceitos.

Com apenas três cilindros, o Golf Comfortline segue a máxima do mais com menos – torque elevado (são 20,4 mkgf) em rotações inferiores. E, para ajudar na dirigibilidade, nada como o câmbio manual de seis marchas, chamariz para os entusiastas que preferem comandar as trocas. Como de praxe na VW, engates precisos ditam as regras. As suspensões têm rigidez na medida e a direção elétrica é leve e bem acertada.

CONSUMO
Com turbocompressor e injeção direta de combustível, o propulsor flexível da família EA211 se destaca pelo baixo consumo. Durante a semana de avaliação, o Golf fez média de 15 km/l, chegando a picos de 18,8 km/l em condições favoráveis – sexta marcha e média de 80 km/h.

Vale ressaltar que o modelo é nota A nos testes de consumo do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia). Para se ter ideia, a configuração que carrega o motor 1.6 (Comfortline 1.6 MSI, de R$ 78.130) levou D na comparação relativa na categoria. Aliás, é também menos potente, com 120 cv.

EM MOVIMENTO
Típico de motores tricilíndricos, é lei pisar mais forte no acelerador no momento de arrancar com o carro. Já as retomadas de velocidade e força (mesmo em subidas) surpreendem. No Golf 1.0 TSI, a aceleração até os 100 km/h é feita em 9,7 segundos. Todo tempo com respostas imediatas, pode chegar aos 194 km/h (etanol).

De resto, o hatch mantém o visual imponente, o acabamento primoroso e o preço salgado. A versão aqui descrita não sai por menos de R$ 77.247. Vai ser difícil a VW convencer o consumidor purista de que tal combinação funciona. Mas que o produto vale a pena, isso vale!

E se você pensa que, por ser 1.0, o Golf é um carro pelado, engana-se. O modelo sai das linhas de montagem (de São José dos Pinhais, no Paraná) com itens como controles de tração e de estabilidade, sete air bags, assistente de partida em rampa, ar-condicionado, tela central (sensível ao toque) com 6,5” polegadas e rodas de 16”. A lista de opcionais, – conforme tradição na VW – também é vasta, oferecendo de volante multifuncional a teto solar.



Veja Também

Tags


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Diário do Grande ABC