Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 20 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Two Door Cinema Club lança o disco 'Gameshow' e volta a se apresentar no Lolla



21/03/2017 | 09:00


Quem assistiu à apresentação do Two Door Cinema Club no Lollapalooza Brasil de 2013 se surpreendeu com o público expressivo que foi ao Jockey Club de São Paulo, quando o festival ainda era realizado por lá, e não em Interlagos, no extremo sul da cidade. Uma imensidão colorida tomou conta do local e transformou o show do power trio irlandês em um dos destaques da edição. "Me assustei com aquele mar de gente. Não tínhamos noção de que nossas músicas faziam tanto sucesso no Brasil. Hoje, no entanto, o cenário é completamente diferente", afirma Kevin Baird, baixista do Two Door Cinema Club, em entrevista por telefone. A banda é uma das atrações do evento neste fim de semana. Eles se apresentam no domingo, dia 26, às 17h30, no Palco Principal.

O Two Door Cinema Club volta ao País em alta. Após quatro anos longe dos palcos e do estúdio, Alex Trimble (vocal e guitarra), Sam Halliday (guitarra e backing vocal) e Kevin Baird (baixo) lançaram Gameshow, terceiro álbum da carreira. O disco recebeu elogios da crítica especializada e não demorou muito para recolocar o grupo nas paradas de sucesso da Europa. "Vínhamos de uma turnê exaustiva. Não havíamos parado um minuto para descansar. Às vezes, é preciso refletir e rever coisas. Depois desse hiato, voltamos com gás e fôlego para retomar novos projetos. O resultado disso foi o Gameshow", conta Kevin.

Antes de Gameshow, O Two Door há havia lançado outros dois discos de estúdio: Tourist History (2010) e Beacon (2012). Os dois álbuns tinham uma sonoridade mais voltada para o pop. Com guitarras mansas e riffs chicletes que grudavam na cabeça de maneira imediata, os irlandeses arrebataram o coração dos jovens. Tanto que a banda é uma das queridinhas do público teen que marcará presença nesta edição do Lollapalooza Brasil. Em Gameshow, todavia, o trio expõe um lado mais maduro e consistente, como se o chamado "rock de brinquedo" não mais suportasse as dores latentes do mundo e precisasse urgentemente ultrapassar barreiras intransponíveis. "É um processo natural. Penso que o mais difícil é superar o primeiro e o segundo trabalho. De certa forma, são coisas traumatizantes para muitas bandas.

Conseguimos passar por isso", afirma ainda o baixista.

Formada em 2007 no Condado de Down, na Irlanda do Norte, o Two Door Cinema Club, que volta ao Brasil para marcar definitivamente seu território, é a banda que mais representa a essência musical do Lollapalooza. Mesmo que muitos críticos de plantão afirmem que o evento deixou o rock de lado para aderir ao pop eletrônico, na verdade isso nunca existiu, já que o Lolla, desde sua primeira edição no País, em 2012, jamais negou sua raiz alternativa.

Desta vez, em um palco de maior destaque e com um som mais encorpado, o Two Door Cinema Club tem tudo para se destacar novamente e proclamar a velha catarse lado B. "Nunca tivemos a pretensão de encher estádios. Nossos fãs são bem específicos e seguem uma coerência musical. Acreditamos na nossa heterogeneidade, que vai do rock ao pop", acrescenta Kevin.

LOLLAPALOOZA BRASIL

Autódromo de Interlagos.

Av. Sen. Teotônio Vilela, 261. Tel.: 5666-8822. Sáb. (25) e dom. (26), a partir de 12h. R$ 460 a R$ 920.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados