Fechar
Publicidade

Esportes

Minuto a Minuto >

Publicado em sexta-feira, 17 de março de 2017 às 09:33 Histórico

Cueva avisa que não forçará cartão amarelo na seleção do Peru para jogar clássico

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

O peruano Cueva tem uma pequena chance de disputar o clássico com o Corinthians. O jogador está pendurado na seleção do Peru. Ele será titular na partida do dia 23 contra a Venezuela, em Maturín, e, caso receba o cartão amarelo, não poderá enfrentar o Uruguai no jogo seguinte das Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2018.

"Eu não jogo para tomar cartão, nem na seleção peruana, nem no clube. Tudo depende do que vai acontecer na partida, mas, caso isso ocorra, não tem outra forma, vou regressar ao meu clube. Isso é da partida. Mas quero deixar claro principalmente que não entro em campo para tomar cartão", disse.

Além de Cueva, o atacante Pratto está na mesma situação. Se defender a Argentina contra o Chile também no dia 23, em Buenos Aires, e for punido com cartão, não enfrentará a Bolívia fora de casa. Com isso, existe a possibilidade de ambos retornarem a São Paulo para disputar o clássico com o Corinthians, marcado para 26 de março, um domingo, no Morumbi, pela 11ª rodada do Paulistão.

Cueva sabe que precisa aproveitar seu bom momento, seja na seleção ou no clube. Por isso, ele garante que está à disposição para enfrentar o Ituano neste sábado, às 16 horas, no Morumbi, pela nona rodada do Estadual. "Estou bem", resume, já projetando o duelo com o Ituano. "Cada time, quando enfrenta um adversário grande, sempre tem uma motivação extra. Quando a equipe está mal, vai tentar se levantar o mais rápido possível. Isso faz parte do futebol."



Veja Também

Tags


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Diário do Grande ABC