Fechar
Publicidade

Internacional

Minuto a Minuto >

Publicado em sexta-feira, 17 de março de 2017 às 08:32 Histórico

Ação militar contra a Coreia do Norte é uma opção que está sobre a mesa, diz EUA

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

O secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson disse nesta sexta-feira que pode ser necessário tomar uma ação militar preventiva contra a Coreia do Norte se a ameaça de seu programa de armas nucleares atingir um nível "que acreditamos requerer ação".

Tillerson descreveu uma estratégia mais dura para enfrentar a ameaça nuclear da Coreia do Norte

depois de visitar a fronteira mais fortemente armada do mundo entre as rivais Coreia do Norte e Coreia do Sul.

Questionado sobre a possibilidade de usar a força militar contra o Norte, Tillerson disse em uma coletiva de imprensa na capital sul-coreana, que "todas as opções estão na mesa".

Ele disse que os EUA não querem um conflito militar, "mas obviamente se a Coreia do Norte tomar medidas que ameacem as forças sul-coreanas ou nossas próprias forças, daremos uma resposta adequada. Se elevarem a ameaça de seu programa de armas a um nível que acreditamos requerer ação, esta opção está na mesa", disse ele.

Mas ele disse que, tomando outras medidas, incluindo sanções, os EUA tinham a esperança de que a Coreia do Norte possa ser persuadida a seguir um caminho que não precise chegar a este ponto.

A Coreia do Norte acelerou o seu desenvolvimento de armas, violando várias resoluções dos Estados Unidos e do Conselho de Segurança da ONU. O Norte conduziu duas explosões em testes nucleares e 24 explosões de míssil balístico no ano passado. Especialistas dizem que poderia ter um míssil com ponta nuclear capaz de chegar aos EUA dentro de alguns anos. Fonte: Associated Press



Veja Também

Tags


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Diário do Grande ABC