Fechar
Publicidade

Política

Publicado em sexta-feira, 17 de março de 2017 às 07:00 Histórico

Projeto Fila Zero será detalhado na terça em Santo André

Ricardo Trida/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

O governo do prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB), promete realizar audiência com os secretários de Saúde, Ana Paula Peña Dias; de Assuntos Jurídicos, Caio Costa e Paula; e de Finanças, José Grecco, na Câmara para que seja detalhado projeto de lei que trocará dívida ativa por consultas e exames médicos, denominado Fila Zero.

Segundo o líder da gestão tucana no Legislativo, Pedrinho Botaro (PSDB), há clima favorável para aprovação da matéria, mas a administração “quer sanar todas as dúvidas dos parlamentares” antes da votação.

“O principal questionamento hoje é se o projeto não fomenta a inadimplência. Os esclarecimentos mostrarão o benefício que o projeto trará para a população, utilizando-se de um instrumento que, talvez, nunca voltaria para os cofres públicos”, argumentou Pedrinho. “Outra dúvida é com relação a como os exames serão agendados. Haverá central de regulação da própria Prefeitura. Não ficará a critério da clínica que eventualmente aceite a proposta da administração (para reduzir o passivo).”

Conforme o Executivo, ao menos R$ 50 milhões deverão ser recuperados de passivos que clínicas de Saúde têm com o município. A ideia é abater o valor mediante consultas e exames precificados pela tabela SUS. A proposta foi inspirada no Corujão da Saúde, implementada pela prefeitura da Capital, para reduzir as filas de atendimento.

Haverá edital de chamamento das empresas interessas em aderir ao Fila Zero assim que o projeto de lei for aprovado, em duas discussões, pela Câmara. Ainda não há prazo para que o texto seja apreciado pela Casa. 



Veja Também

Tags


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Diário do Grande ABC