Publicado em sexta-feira, 23 de março de 2012 às 11:40

Jogos Vorazes, o Big Brother mortal


Marcela Munhoz
Do Diário do Grande ABC

Incorporar notícia

Pare o que está fazendo. É a hora de descobrir que raio de Jogos Vorazes (Hunger Games) são esses! Com certeza, já viu muita coisa sobre o tema na internet e, a partir de sexta-feira (23), vai ver a história nos cinemas. Trata-se do primeiro de quatro longas-metragens inspirados na trilogia de livros de Suzanne Collins.

A trama é tão diferente e cruel, que chega a causar falta de ar. É bem mais angustiante do que as sagas Harry Potter e Crepúsculo, mas deve fazer sucesso igual. Esta é a aposta do mercado cinematográfico. Foram investidos US$ 78 milhões no filme, dirigido por Gary Ross. Além disso, os primeiros números das livrarias já mostram que Jogos Vorazes deve arrebentar a boca do balão também nos cinemas: foram mais de 30 milhões de cópias vendidas no mundo, sendo 80 mil só no Brasil.

A história mistura reality show, cenário pós-apocalíptico e, claro, um triângulo amoroso (apesar de não ser tão meloso quanto o dos vampiros). Os personagens moram em Panem, novo país dividido em 13 Distritos e uma capital. Todo mundo vive na maior dificuldade e é obrigado a enviar tudo o que produz para o centro, governado por dirigentes corruptos.

Até que o 13º Distrito se rebela e a Capital cria uma vingança, que deverá ser cumprida por todos. São os Jogos Vorazes, reality show sangrento em que 24 competidores (chamados de tributos) de 12 a 18 anos, sendo um garoto e uma garota de cada Distrito, são sorteados para participar. Eles devem lutar até a morte para que sobre apenas um único vencedor!

Reprodução

De onde toda a história surgiu - A ideia de criar trama em que crianças e adolescentes são obrigados a participar de reality show cruel saiu da mente da escritora norte-americana Suzanne Collins, autora de Jogos Vorazes, Em Chamas e A Esperança. O primeiro livro foi publicado em 14 setembro de 2008 pela editora Scholastic, nos Estados Unidos. Já no Brasil o lançamento foi pela Rocco em setembro de 2010, e abril e outubro de 2011, respectivamente.

A inspiração veio quando a autora assistia a um reality show com jovens disputando um prêmio em dinheiro, no outro canal estavam sendo transmitidas cenas da Guerra do Iraque. Ela resolveu juntar os dois temas e inseriu mitologia grega.

Suzanne declarou na página oficial do Facebook da editora Scholastic (Hunger Games Official Page), que adorou o filme e achou a adaptação bem fiel ao livro, além de trazer uma nova perspectiva: o longa é contado sob o olhar de Katniss.



Veja Também

Tags

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Revista Playboy Revista Sexy Palmeiras Corinthians São Paulo Santos Santo André São Bernardo São Caetano Diadema Ribeirão Pires Mauá Rio Grande da Serra Grande ABC Ronan Maria Pinto

Action 'Detalhe :: Index', Execute: 0,039s, Render: 0,218s.