Fechar
Publicidade

Diarinho

Publicado em domingo, 22 de janeiro de 2017 às 07:15 Histórico

Por que o mar se movimenta?

Vários fatores contribuem para o movimento do mar, como temperatura e o balanço no fundo dos oceanos. No entanto, os principais motivos são a força da gravidade exercida pelo Sol e pela Lua e o poder dos ventos, que empurram as águas de um lado para o outro, criando a sensação de balançar. Quando o mar está calmo, a tendência é que sua superfície siga o mesmo caminho. Vale lembrar que, mesmo calmo, o oceano tem movimentação, então ele nunca está totalmente parado.

A superfície dos oceanos sofre ação direta dos ventos, mas, no fundo do mar, outras questões são mais importantes. A água que fica abaixo da superfície sofre influência muito grande da temperatura do planeta, fazendo com que, basicamente, o líquido no topo seja mais gelado enquanto o que está no fundo fique mais quente. Essa ‘dança das águas’, em escala global, cria as chamadas correntes marítimas, que são os caminhos que as águas fazem nesta troca de calor.

VARIAÇÃO DE ONDAS

As praias são marcadas por diversos tipos de movimentações, desde as mais leves ondulações do mar (as marolas, com poucos centímetros) até ondas enormes (como as que ocorrem no Havaí, nos Estados Unidos, com formações com mais de 10 metros de altura).

Em situações excepcionais, como os casos de furacões, terremotos ou tsunamis (que chegam à costa depois de um tremor de terra), essas ondas podem ter tamanhos gigantescos capazes de ultrapassar 30 metros de altura.

Maior agitação ocorre em alto-mar. Sem a interferência do relevo da costa, o mar costuma ter ondas muito mais fortes, capazes até de ‘engolir’ grandes navios quando se desenvolvem, por exemplo, em tempestades.

Dizemos que o mar está de ‘ressaca’ quando ele apresenta comportamento mais violento do que o comum. Isso acontece quando há variação de temperatura ou pressão na atmosfera, como as chamadas frentes frias, que encontram massas de ar quente e motiva a uma alteração na velocidade e intensidade dos ventos. Sendo assim, quanto maior a força dos ventos, mais agitado o mar.

Larissa Brandão Battistin, 11 anos, de São Bernardo, conta que sempre teve curiosidade sobre o oceano. “Quando vou para a praia vejo todas as ondas se movimentando. Acho que tem uma mistura de força entre o mar e o vento”, comenta.

Consultoria de Luany Cristiny Bocato da Silva, professora de História e Geografia do Liceu Monteiro Lobato, de Santo André, e do Colégio Singular, unidade de São bernardo. 



Veja Também

Tags


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Diário do Grande ABC