Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 23 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

social@dgabc.com.br | 4435-8302

Social do Diário: Carla Sardano Morando: a nova primeira-dama de São Bernardo

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Juliana Bontorim

20/11/2016 | 12:16


Juliana Bontorim conta: Sensibilidade à flor da pele. Nascida em São Caetano e formada em Fisioterapia, a futura primeira-dama de São Bernardo, Carla Sardano Morando, tem 42 anos, e é fã do estilo contemporâneo, sem dispensar o salto alto –proporciona elegância e postura –e as peças all black do guarda-roupa. Apaixonada pela família e para ficar mais próxima dos filhos Orlandinho, 8, e Antonela, 6, optou pela carreira de empreendedora à frente de franquia conceituada de chocolates. Para inspirar o pensamento, uma boa leitura em Rei Lear, de William Shakespeare. Para inebriar os sentidos, um ótimo perfume com assinatura Chloè. Quando o assunto é amor, a história tem como cenário São Bernardo. Ela trabalhava na empresa dos pais, quando conheceu o marido e prefeito eleito da cidade, Orlando Morando. “Comecei a frequentar o supermercado da família dele, foi quando ele me viu e, do nada, recebi um buquê de rosas na minha casa”, conta. O gesto deu certo e o casal está junto desde então, há nove anos. Na gestão, que tem início em 2017, Carla promete aprofundar ainda mais as atividades que sempre foi engajada. Com o coração de benemérita, trabalhou com mulheres mastectomizadas durante cinco anos no Caism (Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher) e no Hospital Mário Covas. “Meu objetivo é resgatar e desenvolver projetos sociais para melhorar a qualidade de vida dos segmentos mais carentes da população”, comenta em relação a presidir o Fundo Social de Solidariedade. Entre os programas, destaca ações que visam o resgate da autoestima e da dignidade humana por meio da qualificação profissional e a criação de políticas governamentais que contribuam para a redução das desigualdades. Algumas características farão a diferença na administração, como sensibilidade, determinação, força de vontade e simpatia. “Nunca deixo de criticar. Tenho liberdade de opinar na atuação política”, finaliza Carla sobre aparceria com o  ainda deputado estadual.

Colaboração das estagiárias Stefanie Sterci e Amanda Guilhen.

 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados