Fechar
Publicidade

Economia

Publicado em quarta-feira, 19 de outubro de 2016 às 19:26 Histórico

Gleisi Hoffmann divulga nota em nome da CAE do Senado e minimiza corte da Selic

A presidente da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado, senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), divulgou nota em que minimiza a redução da taxa básica de juros, Selic, anunciada nesta quarta-feira, 19, após reunião do Comitê de Política Monetária (Copom). A senadora petista cobrou uma queda mais acelerada.

"A queda de 0,25 ponto porcentual na taxa Selic anunciada pelo Copom, além de tarde, veio tímida. Acuado pela recessão que só faz recrudescer, o Banco Central continua errando ao não reduzir os juros de forma mais acelerada e contundente", escreveu.

Para a senadora, o corte na taxa Selic é fundamental para estimular a atividade econômica, já que o governo insiste em aprovar a PEC do Teto dos Gastos, que limita os gastos públicos pelos próximos 20 anos.

"Tenho convicção de que a melhor forma de fazer o Brasil crescer, neste momento, é ampliar os investimentos públicos e baixar os juros, medidas que contribuirão, de verdade, para incentivar empresários e consumidores. Precisamos de mais ousadia!", argumentou.

Aécio

O tucano Aécio Neves (PSDB-MG), por outro lado, elogiou o resultado da reunião do Copom. Aliado do governo, Aécio disse que o corte de 0,25 ponto porcentual é um indicador de que a economia do País "começa a caminhar para a normalidade". Em sua visão, a baixa continuada dos juros deve ser combinada com corte de gastos públicos. Ele defendeu que a aprovação da PEC 241, que estabelece um teto de gastos públicos, é imprescindível.



Veja Também

Tags


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Diário do Grande ABC