Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 19 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Gloria Trevi diz em livro que foi estuprada na prisão


Do Diário OnLine

07/11/2002 | 14:32


A cantora mexicana Gloria Trevi, presa no Brasil desde 2000, conta em sua autobiografia que foi estuprada mais de uma vez por um policial na carceragem da Polícia Federal em Brasília. O livro, chamado Gloria, foi lançado na quarta-feira.

Gloria Trevi ficou grávida durante o período em que esteve presa em Brasília. O caso ganhou repercussão porque a mexicana não podia receber visitas, portanto teria engravidado de alguém com acesso ao local.

Os advogados da cantora sustentam que ela engravidou de um policial, mas a polícia diz que um exame de DNA provou que o menino Angel Gabriel, que tem oito meses de idade, é filho do ex-empresário de Gloria, Mario Andrade. No livro, a mexicana não revela quem a teria estuprado.

O empresário foi preso junto com Gloria a pedido da Justiça mexicana. Eles são acusados de corrupção de menores no México e o Brasil estuda a extradição dos dois.


Leia mais



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.