Publicado em quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012 às 07:30

Gastos com cartão devem entrar na declaração


Soraia Abreu Pedrozo
Do Diário do Grande ABC

Incorporar notícia

Arquivo/DGABC

Consumidores que no ano passado gastaram mais de R$ 5.000 em um ou mais meses no cartão de crédito têm de informar a Receita Federal e incluir os dados na declaração de Imposto de Renda 2012. Há cerca de cinco anos essas informações são cobradas porque, desde então, as operadoras de cartão de crédito têm a obrigação de repassar ao Fisco o CPF de quem gasta mensalmente acima desse valor. Dessa forma, a Receita ganha subsídios para cruzar os dados e verificar se o contribuinte está sonegando fonte de rendimento.

"Por exemplo, se a pessoa se declarar como isenta, porque tem rendimentos tributáveis de até R$ 23.499,15 (novo limite de isenção), mas mostrar que gastou R$ 60 mil no cartão de crédito, terá alguma coisa errada, e isso vai levantar suspeita de sonegação, o que poderá levar o contribuinte à malha fina", diz o vice-presidente de fiscalização, ética e disciplina do CRC-SP (Conselho Regional de Contabilidade de São Paulo), Gildo Freire de Araujo.

Alexandra Assis, gerente operacional da MG Contécnica, diz que o que o cidadão recebeu no ano tem de ser suficiente para arcar com os gastos. "A omissão de informações à Receita hoje em dia é bem complicada, pois ela está cada vez mais fechando o cerco, a partir do cruzamento de dados, para combater a sonegação."

A grande questão é que dificilmente as pessoas se lembram do quanto desembolsaram por mês com o cartão de crédito no ano passado. Embora haja essa necessidade, as operadoras de cartão não enviam aos seus clientes um informe, mostrando quanto receberam mensalmente.

Procurada pela equipe do Diário, a Abecs (Associação Brasileira das Empresas de Cartão de Crédito e Serviços) informou que nenhum cartão é de responsabilidade da associação, e que cabe aos bancos passarem a informação, já que são eles que fazem a interface entre as empresas e os clientes. No caso dos cartões sem vínculo com instituições bancárias, seria de responsabilidade de cada uma das operadoras enviar os dados - ou ao menos indicar onde é possível consultá-la.

A Febraban (Federação Brasileira de Bancos) informou que não são os bancos que enviam os informes, mas as empresas de cartões de crédito. E nessa indefinição, o contribuinte que gastou acima de R$ 5.000 por mês no ano passado fica sem saber a quem recorrer.

 

Receita abre consulta a lote da malha fina do IR 2011

A Receita Federal abriu ontem consulta a mais um lote de declarações do Imposto de Renda Pessoa Física 2011 liberado da malha fina. Também poderão ser consultadas as declarações retidas em 2010, 2009 e 2008.

O montante total a ser pago, de R$ 148,1 milhões, será depositado nas contas corrente ou poupança no dia 15, quarta-feira, a 66.709 contribuintes. A restituição ficará disponível no banco durante um ano.

Do exercício de 2011, serão creditadas restituições para 43.277 contribuintes, corrigidas em 9,47 %. Referente à 2010, serão 13.495 declarações reajustadas em 19,62%. Do lote residual de 2009, são 6.861 declarações com correção de 28,08 % e, de 2008, o número de declarações liberadas chega a 3.076, com reajuste de 40,15%.

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na internet (http://www.receita.fazenda.gov.br), ou ligar para o Receitafone 146.

IR 2012 - O prazo para a entrega da declaração do IR 2012 se inicia em 1º de março. As empresas e pessoas físicas que fizeram pagamentos com retenção de imposto em 2011 têm até o dia 29 para entregar a Dirf (Declaração de Imposto de Renda Retido na Fonte) e enviar o informe de rendimentos aos trabalhadores.

Da mesma maneira ocorre com os bancos, que têm até a mesma data para enviar as informações, que incluem o saldo em 31 de dezembro e as movimentações realizadas nos investimentos, como saques ou transferência.



Veja Também

Tags

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Revista Playboy Revista Sexy Palmeiras Corinthians São Paulo Santos Santo André São Bernardo São Caetano Diadema Ribeirão Pires Mauá Rio Grande da Serra Grande ABC Ronan Maria Pinto

Action 'Detalhe :: Index', Execute: 0,007s, Render: 0,715s.