Fechar
Publicidade

Turismo

Publicado em quinta-feira, 10 de março de 2016 às 07:00 Histórico

Álbum de viagem 'profissa'

A mania de tirar fotos em tudo quanto é lugar transcende também o limite das barreiras geográficas. Não há viajante que não se posicione nos principais pontos turísticos do mundo para aquela selfie esperta. Isso já acontecia, inclusive, quando era rolo de filme. Todo mundo quer registrar o momento. Porém, tem quem ultrapasse o bom senso e acaba não aproveitando a própria experiência de viagem. Pensando nestes turistas, equipe internacional de fotógrafos profissionais promete dar uma ‘mão’ e transformar as fotos do momento em algo único. Trata-se da startup Phototrip.me.

A ideia não é tão nova assim, mas transformou-se em oportunidade para o brasileiro Túlio Pires Bragança, 33 anos, que mora há 10 em Buenos Aires, na Argentina. Ele se uniu ao fotógrafo Henderson Moret e colocou o projeto em prática. “A gente viu que isso era feito em vários lugares do mundo e muitos clientes nossos pediam indicação. A pessoa contrata o profissional pela nossa plataforma, escolhe o tipo de ensaio, lugar e horário que deseja. Juntos, nós desenhamos um roteiro na cidade. A ideia é mostrar o óbvio, mas também alguns cantinhos que o fotógrafo (morador daquele local) gosta, seja porque são originais ou coloridos e fotogênicos”, explica Bragança.

Hoje, fazem parte da lista profissionais que moram em Lisboa, Londres, Madri, Paris e Viena (Europa); Los Angeles e Nova York (Estados Unidos); Buenos Aires (América do Sul) e Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Gramado, Ouro Preto, Recife, Rio de Janeiro e São Paulo (Brasil). “Muitos clientes são casais (80%), mas também temos viagem de terceira idade, grupos de amigos e roteiro em família. “É um misto de ensaio com turismo já que os fotógrafos são todos locais, conhecem bem a cidade. Eles acabam sendo um guia, um brasileiro amigo na cidade, que dá dicas, mostra lados diferentes e menos conhecidos, segredos que só os locais sabem”.

Os preços dos ensaios variam. “Por cerca de R$ 300 é possível reservar um ensaio de uma hora em várias cidades do Brasil, por exemplo. O mais longo, de quatro horas, sai por volta de R$ 700. Já no Exterior custa a partir de US$ 150 a hora. Em até uma semana, os clientes recebem as fotos em alta resolução por e-mail”, finaliza o fotógrafo brasileiro, que adianta: “Pretendemos começar também a fazer workshops e encontros fotográficos.” Quer saber mais? Acesse http://phototrip.me.



Veja Também

Tags


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Diário do Grande ABC