Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 23 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Personagem de Breaking Bad reaparece em Better Caul Saul

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


08/03/2016 | 14:27


Tudo bem que Breaking Bad por si só fez um sucesso incrível no mundo das séries, mas precisamos combinar que cada personagem, na atração, brilhava sozinho. É o caso, por exemplo, do advogado Saul, que depois ganhou um programa só seu, contando sua história antes de encontrar Walter White e Jesse Pinkman.

Atualmente, a série recém-estreou sua segunda temporada pela Netflix, mas desde o começo os fãs aguardam por participações mega especiais dos personagens queridos de Breaking Bad. Lembrando que Vince Gilligan, o criador das séries, já falou sobre uma possível aparição de Bryan Cranston programa.

Agora, após uma participação especial na primeira temporada, um personagem retornou a Better Call Saul! Na última segunda-feira, dia 7, foi ao ar o episódio em que Tuco, vivido por Raymond Cruz, reaparece. Na atração, Nacho recebeu a ajuda de Mike para se livrar de um problema que ele não conseguia lidar sozinho: Ele precisava matar Tuco.

Porém, mostrando toda sua sagacidade, Mike decide não matá-lo, mas sim, arma um plano que forçou o traficante de drogas a bater nele em frente aos policiais, fazendo com que ele acabasse indo preso. O gostinho de ter personagens de Breaking Bad foi o suficiente para deixar os fãs ainda mais felizes e Raymond contou que reviver o papel foi bem desafiador. Em entrevista à People, ele disse:

- Gravar isso foi cruel, contou sobre a cena em que teve que desferir diversos socos em Jonathan Banks, que vive Mike.

Ele ainda continua:

- Você tem que tomar cuidado com essas coisas. Mas você quer vender isso. Quer que pareça real. Há uma violência especial com Tuco. Não é normal. É exagerado. É cruel.

O astro ainda revelou que, interpretar um personagem tão violento e negativo como Tuco, às vezes o desgasta demais:

- Interpretar Tuco é exaustivo. No fim do dia, 12, 14 horas depois, você sente que subiu diversas ladeiras. É muito cansativo. Fisicamente, emocionalmente, mentalmente, concluiu.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.