Publicado em quarta-feira, 31 de março de 1999 às 21:12

RS: suspeito de crime apresenta-se à polícia

Suspeito de envolvimento no ataque a dois casais e na morte de três pessoas na praia do Cassino, em Rio Grande/RS, o jovem Carlos Ismael Bernardes Rodrigues, 18 anos, apresentou-se nesta quarta no 1º Distrito Policial de Rio Grande/RS. Rodrigues teria trocado tiros com homens da Brigada Militar na segunda-feira.

Descoberto dentro da casa de um travesti em uma vila de pescadores, ele atirou contra os policiais e fugiu. Constatou-se que as cápsulas deflagradas partiram de uma pistola calibre 32, provavelmente a mesma usada para executar Sílvio Ibias, 36 anos, e Adriana Simoes, 28, no dia 26 de março, e Petrick Almeida, 18 anos, no dia 20. Brenda Gaebrin, 14, que estava com Petrick, foi baleada na nuca mas sobreviveu. Hospitalizada, ela viu uma foto do suspeito e o achou parecido com o assaltante. Doze pessoas já morreram na regiao da praia do Cassino, até entao um refúgio tranqüilo procurado por jovens para namorar à noite em seus carros.

Para a polícia, pelo menos três casais foram assassinados por integrantes de quadrilha. Nesta quarta, o delegado Moacir Firmino Bernardo, do 3º Distrito Policial de Rio Grande, anunciou que indiciará cinco suspeitos pelas mortes de Vitor Hugo, 51 anos e Dacila Vitola, 49, e da empregada de ambos, Maria Julieta Xavier da Silva, 38. Os Vitola e Maria Julieta foram as primeiras vítimas da seqüência de assassinatos envolvendo casais em Rio Grande. Seus corpos foram encontrados no dia 14 de novembro do ano passado, em sua casa na praia do Cassino. "Considero este crime elucidado", disse.

Os suspeitos sao Cléo Rogério Lopes Moura, o Alemao Cléo; Jo Araceli Correa da Silva, o Jo; Paulo Ricardo Barbosa, o Paulao Camelô; e os irmaos Guiomar Viégas, o Maria, e Angelo Viégas, o Guri. Com exceçao de Barbosa, todos têm passagem pela polícia com condenaçoes por roubo de gado e de carros e assalto. O delegado observou que conseguiu "provas materiais", as quais nao revelou, do envolvimento dos cinco na chacina. Acrescentou que nenhum deles conseguiu apresentar um álibi e que o modo de agir da quadrilha é idêntico ao aplicado contra os Vitola.



Veja Também

Tags

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Revista Playboy Revista Sexy Palmeiras Corinthians São Paulo Santos Santo André São Bernardo São Caetano Diadema Ribeirão Pires Mauá Rio Grande da Serra Grande ABC Ronan Maria Pinto

Action 'Detalhe :: Index', Execute: 0,029s, Render: 0,033s.