Fechar
Publicidade

Diarinho

Publicado em domingo, 7 de fevereiro de 2010 às 07:05 Histórico

O plural das palavras

Você sabe que o plural das nossas palavras normalmente é feito com o acréscimo de s. O plural de copo é copos, o de maçã é maçãs, o de poema é poemas. Às vezes, não se pode colocar o s diretamente; é preciso, antes, ‘preparar' a palavra que está no singular para que possa receber o s. Isso ocorre, por exemplo, com vocábulos que terminam em r, como mar, cujo plural é mares. Preparar a palavra, nesse caso, significa colocar um e antes do s.

Isso não ocorre só com as palavras que terminam em r. O plural de raiz é raízes, o de mês é meses. Como se vê, as palavras terminadas em z ou s passam pelo mesmo processo: o plural é feito com o acréscimo de es. O plural de palavras como fácil, barril ou incrível também não é feito com o acréscimo de s. O de fácil é fáceis, o de funil é funis, e o de terrível é terríveis.

Caso façamos as contas, talvez cheguemos à conclusão de que de fato a maioria das palavras faz o plural com o simples acréscimo de s, mas não são poucos os casos em que isso não ocorre. Será? Qual é o plural de tem (Ele tem)? É têm (Eles têm). O de intervém (Ela intervem) é intervêm (Elas intervêm). E o de põe (Ela põe)? É põem (Elas põem).

Como se vê, o plural de algumas formas verbais pode ser feito com um acento, como ocorre em tem/têm, com a troca de um acento, como ocorre em intervém/ intervêm, ou com o acréscimo de um m, como ocorre em põe/põem.

Por fim, não podemos esquecer um caso diferente de todos, o da palavra qualquer, cujo plural é quaisquer: "Não ouça músicas quaisquer". No próximo domingo, a gente volta a conversar. Até lá.

A coluna Palavra Certa é feita pelo professor Pasquale Cipro Neto



Veja Também

Tags


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Diário do Grande ABC