Fechar
Publicidade
Publicado em quinta-feira, 2 de junho de 2011 às 05:52

Hoje não tem ônibus nem trem


André Vieira e Fábio Munhoz

Incorporar notícia

Depois de os ônibus municipais e intermunicipais pararem ontem e provocarem o caos no transporte público do Grande ABC, hoje é a vez das composições da Linha 10-Turquesa da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos aderirem à greve da categoria. A paralisação na região começou à 0h de hoje.

A greve dos funcionários da CPTM teve início ontem, com a interrupção das linhas 11-Coral e 12-Safira, que prejudicaram cerca de 600 mil pessoas na região metropolitana de São Paulo.

Em assembleia, os sindicatos que representam os trabalhadores decidiram manter a greve por tempo indeterminado e estender as paralisações hoje também para as linhas 7-Rubi, 8-Diamante, 9-Esmeralda e 10-Turquesa.

"Tomamos essa decisão devido à intransigência do governo do Estado e da CPTM", explicou o presidente do sindicato da categoria, Eluiz Alves de Matos.

A linha que atende aos passageiros da região transporta cerca de 365 mil passageiros por dia e liga Rio Grande da Serra à Estação da Luz, na Capital. Os trabalhadores reivindicam reposição salarial de 8,71%, aumento real de 5% e vale-refeição de R$ 19. Segundo o presidente, a CPTM ofereceu 3,07% de reajuste e tíquete de R$ 17.

A situação pode ficar ainda pior a partir de amanhã, quando os metroviários podem deflagar greve. A categoria se reúne hoje para deliberar paralisação.

 

Grevistas interrompem a circulação do trólebus

 

Com cerca de 30% de adesão, a Metra - empresa que opera os ônibus no Corredor Metropolitano ABD - foi uma das companhias com maior número de veículos circulando ontem na região. A não participação ao movimento grevista irritou os manifestantes.

Após assembleia realizada às 17h no Sindicato dos Rodoviários, sindicalistas desceram da Vila Assunção, em Santo André, em direção à Avenida Pereira Barreto, onde obrigaram motoristas de trólebus a pararem os veículos. Passageiros foram forçados a descer dos ônibus. Houve depredações e princípios de tumulto, contidos pela Polícia Militar.

O inspetor de qualidade Henrique Rodrigues, 23 anos, estava dentro do coletivo lotado quando manifestantes pararam o veículo, em frente ao Shopping ABC. "Eles entraram, pegaram a chave do motorista e mandaram todos saírem. Ainda por cima xingaram os passageiros, falando que agora iríamos aprender a respeitar motoristas e cobradores."

"Eram malandrões. Logo que eles roubaram a chave, já fugiram rapidamente, pois sabiam que iríamos atrás deles", acrescentou outro passageiro, o analista de sistemas Rafael Victor Oliveira, 21.

Por volta das 18h30, o corredor de trólebus estava tomado por pessoas que desistiram de esperar pela condução. "Isso aqui virou um grande calçadão", brincou a turismóloga Jamile Piovani, 31. Ela disse que, em dias normais, demora dez minutos para chegar em casa. "Hoje (ontem) vai uma hora e meia, no mínimo."



Veja Também

Tags

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Revista Playboy Revista Sexy Palmeiras Corinthians São Paulo Santos Portal Santo André Portal São Bernardo Portal São Caetano Portal Diadema Portal Ribeirão Pires Portal Mauá Portal Rio Grande da Serra Portal Grande ABC Ronan Maria Pinto Notícias Regionais Política Regional Vídeos de Santo André no ABC Paulista Vídeos de São Bernardo no ABC Paulista Vídeos de São Caetano no ABC Paulista Vídeos de Diadema no ABC Paulista Vídeos de Mauá no ABC Paulista Vídeos de Rio Grande da Serra no ABC Paulista Vídeos de Ribeirão Pires no ABC Paulista