Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 21 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

diarinho@dgabc.com.br | 4435-8396

Todos podem ser amigos de Deus


Juliana Ravelli
Do Diário do Grande ABC

25/12/2011 | 07:00


Não importa se sua religião celebra o Natal ou outra festa. Deus é um só. Ama a todos igualmente e pode ser amigo de qualquer um. Não existe única maneira de se comunicar com Ele; oração, pensamento e até conversa valem. E pode acreditar, vale a pena tentar se aproximar mais Dele. Gabriella Rodrigues Vieira, 9 anos, de Santo André, fica feliz ao rezar todas as noites ajoelhada ao lado da cama. Católica, agradece por ir bem na escola e sempre pede que a família tenha saúde.

Raquel Lumena de Sá, 6, de Santo André, também ora antes de dormir e nos momentos de dificuldade. "Digo para Deus aliviar a dor quando estou machucada e cuidar dos meus amigos", diz a menina, que frequenta a Igreja Presbiteriana. Já o umbandista Felipe Marques Rodrigo, 9, de São Bernardo, gosta de conversar com Deus em frente ao congar (altar da umbanda). "Fico falando sobre a minha vida, geralmente conto segredos."

Além de diferentes modos, é possivel se comunicar com Deus em vários lugares: casa, igreja, centro, templo, mesquita, sinagoga e terreiro. "Sinto que Ele sempre me escuta", garante Rafaella Donati Macena, 10, de São Bernardo, que segue o espiritismo kardecista.

A gente também pode falar em qualquer idioma, já que Ele entende todos. Por ser muçulmana, Leila Ahmad Jarouche, 7, de São Bernardo, aprende as rezas do Alcorão em árabe. Nathan Reis Soares, 10, de São Caetano, decora os mantras do budismo em tibetano. E Felipe Krakauer, 11, de Santo André, fez aulas de hebraico para entender o Torá (livro sagrado dos judeus).

O bacana é que não precisa ter medo de Deus. Por meio do contato com Ele, vamos alimentando nossa fé, sentimento que nos faz acreditar que a vida é linda. Sem fé, perdemos a coragem de enfrentar as dificuldades e lutar por um mundo melhor.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados