Publicado em quarta-feira, 27 de abril de 2011 às 13:48

Vítima de acidente entre ônibus é enterrada


Maíra Sanches
Do Diário do Grande ABC

Incorporar notícia

Orlando Filho/DGABC

O clima era de revolta no velório de Daniele Fernandes, 22 anos, vítima de um acidente entre dois ônibus ocorrido ontem de manhã no Jardim Feital, em Mauá. A recém-formada em Educação Física foi enterrada no início da tarde de hoje no Cemitério Camilópolis, em Santo André, vítima de traumatismo craniano. Na colisão com o outro ônibus, na Avenida Benedita Franco da Veiga, outras 21 pessoas se feriram. Apenas o motorista de um dos ônibus, identificado como Luíz Bento, segue em observação no Hospital Nardini, em Mauá. Ele sofreu cortes nos dois braços e deve receber alta médica até o fim da tarde.

Durante o velório, familiares e amigos revelaram que a vítima reclamava constantemente dos motoristas da Eaosa (Empresa Auto Ônibus de Santo André), alegando que conduziam os ônibus sempre em alta velocidade. “A empresa disse que havia óleo na pista e que o veículo derrapou na curva, mas não foi nada disso. Um dia antes ela até reclamou com a irmã e previu que poderia ocorrer uma tragédia. Para ter acontecido um acidente dessa proporção imagine a velocidade que estava o ônibus”, indagou o cunhado da vítima, Leandro Martins, 31. O ônibus, que era articulado e seguia sentido São Caetano, perdeu o controle na curva e chocou-se com outro da Viação Cidade de Mauá, que seguia na direção contrária, a caminho do Centro. O motorista que conduzia o veículo da Eaosa, Cícero Francisco, 41, negou que conduzia o veículo em alta velocidade no momento da batida, quando afirmou estar a 40 km/h. O ônibus da Eaosa levava cerca de 43 passageiros e seguia rumo ao seu ponto final, localizado em uma rua próxima ao local do acidente. Já o outro coletivo estava começando o trajeto e transportava cerca de sete pessoas.

Daniele, que namorava desde os 13 anos, estava com casamento marcado para novembro e havia conseguido um emprego em uma academia há poucas semanas. “Ainda não paramos para pensar se vamos processar a empresa. Mas ela sempre comentava que sentia medo de pegar esse ônibus”, disse o ex-noivo da vítima, Luís Américo, 24, visivelmente abalado com a tragédia.



Veja Também

Tags

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Revista Playboy Revista Sexy Palmeiras Corinthians São Paulo Santos Santo André São Bernardo São Caetano Diadema Ribeirão Pires Mauá Rio Grande da Serra Grande ABC Ronan Maria Pinto

Action 'Detalhe :: Index', Execute: 0,655s, Render: 0,759s.