Nacional

Três homens morrem após confronto com a PM na Rocinha


Três homens morreram baleados na favela da Rocinha, na zona sul do Rio, durante confrontos com a Polícia Militar na manhã desta quarta-feira, 3. Eles não foram identificados. Policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope), a tropa de elite da PM, estiveram na favela pela manhã e foram recebidos a tiros na região, conhecida como 199.

Os três baleados chegaram a ser encaminhados ao Hospital Municipal Miguel Couto, no Leblon, na zona sul da cidade. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, eles já chegaram mortos à unidade de saúde.

Leia Mais

Um quarto homem baleado, de 31 anos, foi sozinho ao mesmo hospital e informou ter sido atingido por uma bala perdida durante o tiroteio na Rocinha. Ele não corre risco de morte.

A favela da Rocinha é palco de intensos confrontos desde 17 de setembro do ano passado, por conta de uma disputa entre traficantes rivais. Mesmo com a prisão, em 6 de dezembro, de Rogério Avelino da Silva, o Rogério 157, um dos pivôs do confronto, o clima de violência permanece.

No primeiro dia de 2018, moradores da favela já acordaram com o som de tiros. Jhonatan Pessanha, de 21 anos, suposto comparsa de Rogério 157, foi preso no mesmo dia (a segunda-feira, 1), após ser atingido por estilhaços de uma granada que teria sido lançada pelos próprios comparsas durante confronto com a PM.

Comentários


Veja Também


Voltar