Cultura & Lazer

Giovanna Ewbank explica por que não adotou filha no Brasil

A atriz Giovanna Ewbank contou em um vídeo publicado em seu canal no YouTube a respeito da adoção de sua filha, Titi. De acordo com ela, a ideia de adotar surgiu de forma repentina, e, caso ela e seu marido, Bruno Gagliasso, tivessem pensado na adoção com antecedência, teriam procurado uma criança brasileira - Titi, sua filha, nasceu no Malawi.

O assunto surgiu em um questionamento da apresentadora Xuxa - de quem Titi, segundo sua mãe, é super fã.

Em Destaque

"Por que você resolveu adotar uma criança na África e não no Brasil. Eu já imagino que é porque a gente tem muita burocracia no Brasil, mas o que aconteceu? O coração mandou pegar a Titi aí?", perguntou.

"Na verdade eu não tinha pretensão de adotar e nem ter filho tão cedo. Fui fazer um trabalho no Malawi, e em um dos lugares que eu fui eu conheci a minha filha e me apaixonei perdidamente. Ali eu falei: ''Ela é minha filha, eu sou mãe dela e não tem como eu ir embora daqui sem ela''", explicou.

"Lógico que, se a gente tivesse pensado antes em adoção, a gente teria entrado na fila no Brasil. Mas para mim não existe esse peso de ''adotar aqui ou lá''. Pra mim, ser humano é ser humano, e amor é amor", concluiu.


Comentários


Veja Também

Tags

giovanna ewbank adoção

Mais Destaques


Voltar