Esportes

Com técnico novo, Azulinho encara o Ceará e visa fazer história

Quis o destino que Marquinhos Pitbull assumisse o lugar de Márcio Griggio no comando do São Caetano na Copa São Paulo de Futebol Júnior. E o carioca topou o desafio, após o titular se ausentar por problemas médicos. Mesmo com apenas três semanas de trabalho à frente do sub-20, garante elenco preparado para buscar o título inédito, a começar pelo desafio de hoje (16h), contra o Ceará, no Baetão, em São Bernardo, pelo Grupo 25.

“Temos elenco bom. Jogadores de muita qualidade e estão prontos para o que vier pela frente”, afirmou o ex-atleta do Azulão, hoje aos 48 anos e que já atuava nas categorias de base do clube. “Trabalhamos muitas coisas durante os treinamentos e agora o mais importante é colocar em prática”, disse Pitbull, que admitiu ter poucas informações sobre os rivais – além do Ceará, enfrentará São Bernardo e Rio Branco-AC. “Só sei que são clubes tradicionais e temos de estar preparados para enfrentá-los. Sempre com respeito, mas sem temer a ninguém.”

Em Destaque

Para o técnico, a vitrine que a Copa São Paulo representa serve de motivação aos jogadores. “Eles sabem a visibilidade que uma competição como essa tem. Quem chega quer mostrar potencial. Se empenhar ao máximo. E quem tem a ganhar é o São Caetano, que vai buscar esse título”, concluiu. 


Comentários


Veja Também

Tags

são caetano azulinho ceará copa são paulo de futebol júnior baetão são bernardo

Mais Destaques


Voltar