Internacional

EUA não descartam novas sanções contra o Irã, diz porta-voz

Na primeira coletiva de imprensa promovida pela Casa Branca em 2018, a porta-voz Sarah Huckabee Sanders fez comentários sobre os protestos que estouraram no Irã na última semana e disse que o presidente Donald Trump não descarta impor novas sanções ao país.

"Deixamos todas as opções abertas. Queremos que o governo do Irã respeite os direitos humanos da população e deixe de ser um patrocinador do terrorismo. Essa é a nossa prioridade", disse Sarah.

Em Destaque

De acordo com a televisão estatal do Irã, pelo menos 20 pessoas morreram nas manifestações contra o governo, que começaram na quinta-feira passada. A onda de protestos é motivada pela crise econômica que assola o país e pela corrupção na política.

Coreia do Norte

Questionada sobre o mais novo sinal de diálogo entre a Coreia do Sul e a do Norte, Sarah afirmou que os EUA mantêm laços estreitos com Seul e reforçou que o país continuará fazendo pressão pela desnuclearização da Península da Coreia.

Mais cedo, a Coreia do Sul ofereceu manter um canal aberto de diálogo com o regime de Kim Jong-un para discutir a cooperação durante as Olimpíadas de Inverno em Pyeongchang e estabeleceu o dia 9 de janeiro como possível data para uma discussão. (Flavia Alemi - flavia.alemi@estadao.com)


Comentários


Veja Também

Tags

eua irã sanções

Mais Destaques


Voltar