Esportes

Cachorrão vai usar 1º de Maio

O EC São Bernardo realiza hoje e amanhã treinos de adaptação no Estádio 1º de Maio visando a partida de sexta-feira (19h), contra o Osasco FC, no José Liberatti, pela ida das semifinais do Paulista da Segunda Divisão. Os comandados do técnico Ricardo Costa farão trabalhos buscando melhor rendimento em gramado natural, no qual tem desempenho irregular na competição – ao menos se comparado aos jogos no Baetão, que tem grama sintética.

Em estádios que têm gramado natural, o Cachorrão fez dez partidas, nas quais conquistou quatro vitórias, um empate e sofreu cinco derrotas nesta Segundona, com aproveitamento de 43,3%. Já nas 12 vezes que jogou em casa na grama artificial do Baetão (11 como mandante e uma como visitante, contra o Clube Atlético Diadema, que mandou seus duelos na praça são-bernardense), a equipe alvinegra conquistou oito triunfos, obteve duas igualdades e apenas um revés – 80,5% de aproveitamento.

Em Destaque

Nas duas vezes em que enfrentou o Osasco pela primeira fase da competição, o EC São Bernardo teve desempenhos condizentes aos números: derrota por 3 a 1 na grama natural do José Liberatti e vitória por 2 a 1 no sintético do Baetão.

“Pedi para treinar durante esses dias no 1º de Maio porque o campo do Osasco tem dimensões parecidas, além de ser de grama (natural). E nos foi cedido gentilmente”, explicou o presidente Felipe Cheidde Junior, que demonstra total confiança no Cachorrão. “Não chegamos até aqui por acaso. Somos um time sólido, como são os outros três que chegaram a essas semifinais”, afirmou, referindo-se também a Osasco FC, Manthiqueira e União Mogi, estes dois que fazem a outra semifinal

Para a partida de sexta-feira o técnico Ricardo Costa não poderá contar com o meia Erik Bessa, expulso aos 17 minutos do primeiro tempo do jogo contra o Taquaritinga. Ele deverá ser julgado segunda-feira pelo Tribunal de Justiça Desportiva da Federação Paulista de Futebol. Segundo a súmula do árbitro Rodrigo Gomes Paes Domingues, o jogador acertou um “soco no pescoço” de adversário com a bola fora de jogo. Se for enquadrado em artigo por agressão, pode pegar de quatro a 12 jogos de suspensão. 


Comentários


Veja Também

Tags

ec são bernardo cachorrão segundona campeonato paulista da segunda divisão osasco grama sintética grama natural

Mais Destaques


Voltar