Turismo

Viajar é uma arte

 A andreense Elaine Villatoro, 30 anos, tem história parecida com a maioria dos apaixonados por viagens: ama colocar o pé na estrada desde criança. Formada em Administração de Empresas na Fundação Santo André em 2008, morou na Califórnia, Estados Unidos, e em Sydney, Austrália.

Em 2014, antes de fazer mochilão de 30 dias pelo Sudeste Asiático, criou o blog Live More, Travel More (livemoretravelmore.com), que hoje também conta com quase 4.000 seguidores no Instagram (@livemoretravelmore).

Em Destaque

Agora, Elaine está se preparando para conhecer a África do Sul, a Namíbia e Seychelles. Em suas andanças, observou coisas interessantes e listou, o que ela mesma chamou, de 15 habilidades que um viajante desenvolve tanto para a carreira quanto para a vida. Confira os pontos:

“1 – Mente globalizada: um viajante é conhecedor de outras culturas e situações econômicas. Ele entende as diferenças entre as pessoas e sabe como lidar com cada uma delas.
2 – Planejamento: planejar uma viagem não é tão simples quanto parece, pode levar de um dia até vários meses.
3 – Tomada de decisões: um viajante é 100% responsável pelo que acontece com ele. Ele precisa decidir se aceita ou não a ajuda de determinada pessoa, onde vai comer, onde vai se hospedar etc.
4 – Idiomas: ele melhora suas habilidades com novos idiomas ao viajar e conhecer pessoas do mundo inteiro, principalmente se inglês não for a língua nativa.
5 – Networking: contatos pelo mundo todo fazem parte da vida de um viajante!
6 – Gestão de tempo: ele precisa definir prioridades e gerenciar suas atividades diariamente para não perder um voo ou um tour, e para que ainda assim consiga ver tudo o que deseja em determinada cidade.
7 – Valorizar as pequenas coisas: o viajante provavelmente já se hospedou em algum lugar sujo, já viu pessoas vivendo em péssimas condições, já esteve em lugares com problemas políticos e com baixa segurança, e já ficou longe de casa o suficiente para sentir falta de alguma pessoa especial. Depois disso ele deve agradecer por ter uma privada normal, na hora de dormir vai à loucura quando encontra lençóis limpos e também aprecia mais muitas outras coisas.
8 –Paciência: algumas coisas dão errado durante uma viagem, pode ser um voo ou um ônibus perdido, seja o que for ele sabe como lidar com a situação sem tornar sua viagem em uma saga de reclamações.
9 – Comunicação: ele é sociável e mais fácil de lidar do que a maioria das pessoas.
10 – Noção financeira: para viajar, precisa definir o orçamento, juntar dinheiro e controlar os gastos porque sabe que nunca pode deixar que seu dinheiro acabe antes do fim do passeio.
11 –Fácil adaptação: um viajante muda de um hostel/hotel a outro a cada dois ou três dias e, rapidamente, precisa se adaptar a nova cama, banheiro e até mesmo a novas cultura e comida.
12 – Resolução de problemas: sem dúvidas um viajante já se deparou com problemas e situações inesperadas e precisou encontrar uma solução para eles.
13. Autoconfiança: uma vez que ele teve que lidar com problemas diversos e teve sucesso em suas decisões, acaba ficando mais autoconfiante.
14 – Geografia: quem viaja nunca se esquece por onde andou, onde está localizado no mapa e quais são as características do lugar.
15 – Independência: muitas vezes tem que fazer as coisas e encontrar disposição sozinho porque não tem mais ninguém com quem possa contar.”


Comentários


Veja Também

Tags

live more travel more

Mais Destaques


Voltar