Setecidades

Consórcio fará mapeamento de áreas para melhorar segurança no trânsito


O Consórcio Intermunicipal do Grande ABC formalizou, ontem, parceria com o Observatório Nacional de Segurança Viária por meio da campanha Laço Amarelo. Visando reduzir o número de vítimas fatais no trânsito da região, o acordo prevê mapeamento de pontos críticos para elaboração de ações integradas entre as cidades. A entidade regional irá investir R$ 10 mil no convênio, cuja duração é de 12 meses.

“A ideia é a gente trabalhar com dados científicos, diagnósticos, identificação de locais de riscos e campanhas articuladas”, observou Marcius D’Ávila, coordenador do Observatório Nacional de Segurança Viária. “Cada ponto crítico tem sua peculiaridade, que precisa ser trabalhada de modo diferente. Podemos trabalhar em uma melhoria na via como também na questão dos sinais (semáforos) de pedestre.” 

Exemplo citado é que um semáforo de pedestres considera que uma pessoa caminha a 4,7 km/h, enquanto estudos indicam que um idoso caminha a 2,7 km/h, aumentando a chance de atropelamento deste público.

Andrea Brisida, coordenadora do GT (Grupo de Trabalho) Mobilidade Urbana do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC, destacou que as campanhas educativas seguirão em andamento, porém, serão ampliadas a nível regional. “Precisamos mudar a cultura e o comportamento de cada um. É necessário mudar o pensamento de que só precisa colocar a criança na cadeirinha porque é lei ou colocar o cinto de segurança para evitar multas.”

O objetivo é reduzir em 50% o número de mortes no trânsito até 2020, mesma meta traçada à época do lançamento da campanha Travessia Segura, em 2011. “É difícil porque já estamos praticamente em 2020, mas ainda buscamos essa diminuição”, explicou a coordenadora da entidade regional.

O programa seguiu tímido no Grande ABC, com ações de panfletagem e comunicação visual, com apoio da mascote Mister Mão, nos principais cruzamentos dos municípios até 2015. No entanto, o trabalho foi reformulado em 2016, passando a ser realizado apenas nas proximidades de escolas. “A campanha funcionava, mas era realizada de maneira isolada. Agora, vamos ampliar e integrar isso”, ressaltou Andrea.

O cronograma ainda será definido. A certeza é a de que haverá mobilização durante o Maio Amarelo, mês voltado à conscientização sobre segurança no trânsito desde 2014. No entanto, as entidades garantem que ações de mobilização serão feitas durante todo o ano. Ao aderir à campanha Laço Amarelo, o Consórcio Intermunicipal do Grande ABC terá acesso aos materiais de divulgação do Observatório Nacional de Segurança Viária, utilizados em todo País. 

CONTEXTO

Segundo dados do Infosiga (Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo), a região teve 20 óbitos no trânsito em outubro, o dobro do registrado no mesmo mês em 2018. Em 2019, as sete cidades somam 89 vítimas fatais.

Os dados foram divulgados em 20 de novembro e especialista ouvido pelo Diário avaliou que o aumento demonstra ineficácia nas estratégias de segurança adotadas pelo poder público, seja de policiamento, fiscalização ou comunicação com a população.

Comentários


Veja Também


Consórcio fará mapeamento de áreas para melhorar segurança no trânsito

O Consórcio Intermunicipal do Grande ABC formalizou, ontem, parceria com o Observatório Nacional de Segurança Viária por meio da campanha Laço Amarelo. Visando reduzir o número de vítimas fatais no trânsito da região, o acordo prevê mapeamento de pontos críticos para elaboração de ações integrada...

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:
Voltar