Esportes

Federação garante que Bruno Daniel e Inamar estão liberados


Torcedores de Santo André e Água Santa podem ficar tranquilos quanto à utilização dos estádios Bruno Daniel e Inamar no Campeonato Paulista. A Federação garantiu ao Diário ontem que as duas praças esportivas foram vistoriadas nesta semana e liberadas pela Polícia Militar. O Ramalhão estreia em casa dia 26, domingo, contra a Ferroviária. Já o Netuno terá pela frente o Novorizontino, sábado, dia 25, em Diadema. As partidas são válidas pela segunda rodada.

Em Santo André, as principais novidades são o novo vestiário do time visitante e a ampliação dos camarotes, que agora ganharam banheiros. O gramado também passou por revitalização. A Prefeitura ainda fez ajustes nas bilheterias. limpou as arquibancadas e pintou tanto a parte interna como externa do local.

Ontem, o prefeito Paulo Serra (PSDB) iria ao Bruno Daniel para vistoriar a obra, mas adiou a visita. Mesmo assim, a Prefeitura enviou nota ao Diário garantindo que o local está liberado. “A vistoria da Polícia Militar foi realizada em conjunto com a Federação Paulista na terça-feira. Todos os acordos de reestruturação e reforma do Bruno José Daniel realizados com a Prefeitura foram devidamente cumpridos e o espaço está liberado para receber o evento, desde que as demais solicitações realizadas diretamente ao EC Santo André sejam cumpridas pela equipe para a realização dos jogos”, explicou a nota. A Prefeitura gastou R$ 1,7 milhão na modernização

O Ramalhão ficou responsável pelo mobiliário do vestiário visitante e pelo gramado. “Nossa parte também está concluída. O clube colocou inclusive os tapumes metálicos para cercar a área de construção da nova bilheteria. Metade da tinta que vai ser utilizada para pintura vai ser fornecida pelo clube. Depois da vistoria oficial da Polícia Militar e da Federação Paulista, resta a limpeza da área externa no lado do gol dos fundos, ocupada para aulas de trânsito. Esse trabalho ficou a cargo da associação das autoescolas, sob fiscalização da Prefeitura”, garantiu o presidente do clube, Sidney Riquetto.

Já o Inamar, em Diadema, está sob concessão, ou seja, é administrado pelo Água Santa, que investiu R$ 3 milhões na reforma. A principal intervenção foi a demolição da arquibancada que existia atrás do gol do fundo e a construção de um novo setor, que será usado pela torcida visitante e irá ampliar a capacidade de 7.183 para 11,8 mil lugares. A iniciativa visa atender ao regulamento geral da Federação Paulista, que exige que os clubes que disputam a Série A-1 do Estadual tenham estádios com capacidade superior a 10 mil pessoas.
Por meio da assessoria de imprensa, o Água Santa explicou que a Federação esteve no Inamar e liberou o estádio, mas para este jogo contra o Novorizontino o novo setor ainda não será utilizado, porque ainda carece de pintura, limpeza e outros acabamentos. Só depois o local vai passar por vistorias do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar. 

Comentários


Veja Também


Federação garante que Bruno Daniel e Inamar estão liberados

Torcedores de Santo André e Água Santa podem ficar tranquilos quanto à utilização dos estádios Bruno Daniel e Inamar no Campeonato Paulista. A Federação garantiu ao Diário ontem que as duas praças esportivas foram vistoriadas nesta semana e liberadas pela Polícia Militar. O Ramalhão estreia em ca...

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:
Voltar